terça-feira, 18 de novembro de 2008

Desenhos

Um destes dias me deu uma vontade grande de desenhar. Apenas desenhar. Então, parti pro papel, lápis e nanquim. Dar uma pausa nas pinturas. Bom, isso era o que eu achava.

Depois de uma noite desenhando, me vi com vários trabalhos que, acredito, visivelmente tem influência da pintura. Isso, aliás, é uma coisa que eu recomendo - essa "interdisciplinaridade" acrescenta muito a todo artista. O que você aprende em um meio de expressão acaba inevitavelmente aplicando em outros meios que trabalha, e por aí vai. O desenho e a pintura são simultanamente muito parecidos e muito diferentes entre si, mas são justamente essas particularidades (em comum e contrastantes) que juntas vão dar uma formação cada vez mais completa a quem resolver abraçar essas formas de arte.





Outros materiais acabaram entrando, como canetas coloridas e guache. Quando dei por mim já não sabia mais se o que eu estava fazendo era pintura ou desenho, ou desenho pintado ou pintura desenhada... Enfim, o que importa é chegar em um trabalho final que lhe agrade, não refreando jamais o seu impulso artístico, a sua vontade naquele momento. Tudo o que você fez contribuiu para chegar naquele resultado, e não em outro.




















O engraçado é que no fim das contas saíram mais auto-retratos do que eu me dei conta. Acho que depois de tanto ver os desenhos do Egon Schiele o seu trabalho fica mais narcisista do que se pode imaginar :P

6 comentários:

Rachel Bongiovi disse...

Parabéns pelos desenhos pintados!!! heheh Engraçado que a primeira coisa que eu consigo visualizar nestes desenhos é o formato de uma mão, que por sinal é a mão uma das compositoras do desenho e é a parte do corpo a qual você mais vê enquanto está desenhando. Interessante! Bjus

Bruno Leonardo disse...

é muito bom ver o seu trabalho!!

Diego Akel disse...

Obrigado pelos comentários amigos! Em breve mais novidades :D
Abraços!

Henrique Abreu disse...

traços muitos massa, bem diferente...
parabéns ótimo trabalho Akel!

Diego Akel disse...

Valeu Henrique! Estes desenhos feitos em pretensão acabam nos agradando até mais do que aqueles pensados e calculados não é? :P

Grande abraço cara!

Mai disse...

muito bom